quinta-feira, 8 de abril de 2010

Difícil...



Você tem um sonho? Um sonho bonito que te faz acordar todos os dias; que te dá orgulho de dizer 'é isso sou eu'; que te inspira... Você tem um? Dever ter, eu sei que têm, todos tem (ou pelo menos deveriam ter). Pois bem, eu tenho um sonho. Já era de se imaginar. Um sonho bonito, bonito mesmo. Não é uma coisa que vem desde a minha infância colorida e serelepe. É uma coisa mais forte que veio quando eu já entendia o que era querer alguma coisa. Talvez um pouco tarde, um pouco fora de hora. Mas eu tinha que correr atrás. Mas o que de fato acontece quando a gente começa a correr atrás do que se quer por vezes a gente vai por caminhos errados; entra na porta errada, desvia o caminho. Mas uma hora... Ah, uma hora a gente a certa o caminho. Mas o difícil é lidar com o fato de esta hora já ser um pouco tarde pra quem perdeu a hora de começar. Mas isso nem importa mais, perdeu a hora? A gente corre mais um pouco. É o de menos... 
Dançar é lindo, lindo demais. Você se 'solta' põe para fora o sentimento que a musica transmite pelo seu corpo. Conta uma história através de movimentos é arte, arte do corpo, do sentimento da força e leveza. É lindo, lindo, lindo, lindo... OU NÃO! 
Porque é lindo quando se tem as linhas prontas pra isso; é lindo quando você nasceu pra ser bailarina; é lindo quando a cobrança da perfeição não ultrapassa a arte. Só assim é lindo, se não for assim... É feio, é triste. é um mundo feroz, qualquer coisa fora do lugar te põe pra trás, te devora como um cardume de piranhas ferozes. 
Mas lembram... É o meu sonho, eu não desisti nenhuma vez até hoje, não é agora que eu vou deixar passar. E essa frase foi dita mil vezes da minha boca por diversos motivos repetitivos. Mas que eu de teimosa caio sempre e sempre no mesmo erro. O que me faz ter a sensação de ver todos correr a maratona enquanto eu me mato numa esteira ergométrica. Tentando alcançar a chegada, mas sem me mover um centímetro do meu lugar. Os sonhos podem virar pesadelos... E o meu, o meu ta assim agora. Não fui tocada pela fada da dança quando eu nasci não... Mesmo, não nasci para ser bailarina... Eu talvez apenas mais uma vez correndo atrás daquilo que não é pra mim. E deixando de lado aquilo que me faz bem. Mas o meu sonho, embora não muito antigo, é O MEU SONHO e não sou obrigada a desistir dele. E não importa quem fale. Por mais difícil que seja eu continuo. Não por outros, mas por mim. Pra me satisfazer e dizer: Pronto, consegui!




Não gosto muito de falar de mim, mas hoje tava doendo demais.

7 comentários:

pamella disse...

Se os nossos sonhos fossem fáceis, não teriam a mínima graça realiza-los. e assim, deixariam de ser sonhos!

Te amo minha otipopoti s2

PamellaC. disse...

É assim que me sinto. Dá vontade de chorar, se descabelar... Mas é um sonhjo. é pra ser bonito! Entaum é a gente que tem que enfeitar, até chegar o dia que vaum dizer: "Eu lembro como elas estavam antes de chegarem aqui" Somos nós que escolhemos e ngm vai ter nd haver com isso :)

Erica Ferro disse...

NÃO DESISTA NUNCA!
É seu sonho e pode, sim, se tornar real.
Basta você correr MUITO e conseguirás realizar.

Beijo.
Meu sonho é de quebrar um recorde mundial na natação. E vou!

Raphaël disse...

Acho que o sonho comum entre todo ser é em chegar num modo estavél e confortável, realizado, na verdade. O bom é saber que vai dar tudo certo enquanto estivermos abertos à oportunidades e ao esforço. Conferi e vi que és ótima naquilo que tu fazes. Go on!! Pequeno gafanhoto! \o/

Valéria disse...

É temos sempre que ter sonhos e objetivos para traçar nossos caminhos, senão, qual seria a graça.

BeijooO'

Alexandre Ataíde disse...

o negócio tah bom por aki. Gostei!=]

caio s. disse...

Desistir é coisa de perdedores. E tu podes ser tudo, menos uma perdedora!
Isso eu sei. Isso eu sinto!
Se a fada da dança não te tocou, te garanto que tu podes tocá-la o suficiente pra que ela se convença que errou quando te "esqueceu".

ps.: eu sempre rio no final dos teus comentários, sua palhaça! hahahaha