segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Por tanto esperar.

Esperei um tempo de felicidade.

Esperei dias, esperei tanto e por pouco não me definhei de esperar.

Esperei pouco tempo, mas perdi muito por esperar

Por tanto, portanto.

Mas que seja... O tanto é tão pouco que nem precisa esperar.

O tanto que tenho já me faz caminhar.

Não vou correr apenas deixar de esperar.

O tanto que tenho me faz correr.

Especialmente no dia de hoje

Que vejo que o tanto é muito perto do pouco que esperei.

Que se mais espero o meu tanto pode, portanto, se definhar.

2 comentários:

Athila Goyaz disse...

Espere o tanto quanto for possível esperar.
Se a espera demorar, espere em outro lugar

lindo texto!!!

bjuss

Erica Ferro disse...

"O tanto que tenho já me faz caminhar."

Então, por hora, deve bastar.

Tava com saudades do teu cantinho e das tuas palavras.

Beijo.