quarta-feira, 14 de julho de 2010

Chora, chora... Pode chorar minha amiga. Aproveita que chove muito forte e chora na chuva. Lavando o rosto na água que o céu chora também. Não é que eu queira te ver triste, mas é que chorar lava, limpa a alma. Mas de com força, sem medo.
Chora lá fora na chuva com o céu que chora pra lavar o mundo, pra ele ficar mais bonito no final. Chora pra regar as tuas flores, teus amores... Assim como faz o céu com a terra.
Menina bonita chora pra secar. Chora bastante pra desaguar a vista e tu poderes enxergar que, na tua frente, é tudo tão lindo. Tem tanto amor ai, chora pra desafogar o bichinho, chora. Pode chorar enquanto a chuva chora na tua janela também.Lave, assim como ela, com a tua água doce as flores pra elas te mostrarem a beleza de tudo... De ti.

3 comentários:

Carlos Augusto Matos disse...

Que crônica lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa... Nossa, que perfeição... Me apaixonei... Vou vir mais vezes aqui ok?

Bjuxxx

Mariana Amorim disse...

Ah chora para desafogar o bichinho; Que lindo!

nique. disse...

prender choro é pra quem tem medo, e ter medo é perder a vida.